A importância da formação para os clubes de futebol

Os clubes de futebol precisam de gerir de forma acertada os seus recursos humanos e financeiros. Possuir um elevado nível de formação interna é uma estratégia que permite poupar muito dinheiro ao clube e aumentar as hipóteses de vitórias e triunfos. O que é afinal a formação e qual a importância que tem para os clubes de futebol? Descubra já a seguir!

A formação num clube de futebol

A formação é o trabalho que o clube põe em prática no sentido de fornecer aos elementos da equipa a quantidade de conhecimentos necessários para que desenvolvam a sua atividade dentro do clube de forma proveitosa e lucrativa. A formação pode ser ministrada a vários níveis abrangendo todo o pessoal que trabalha no clube, mas a mais decisiva e capaz de se vir a tornar mais lucrativa a médio e longo prazo é aquela que é dada às camadas mais jovens do clube.

O que são as camadas jovens de um clube de futebol?

São os jogadores que se fazem na escola do clube e que começam desde muito cedo a treinar e a aprender a jogar futebol. Dentro das camadas mais jovens existem os Sub-13 (Infantis), Sub-14 e Sub-15 (Iniciados), Sub-16 e Sub-17 (Juvenis).

Como se ministra a formação às camadas mais jovens de um clube?

Existem as aulas teóricas e as aulas práticas. Nas aulas teóricas os jovens jogadores adquirem os conhecimentos técnicos que lhe permitem executar os passos dentro de campo e o elucidam sobre o que podem ou não fazer para beneficiar o trabalho coletivo e colaborar no sucesso do clube. Nas aulas práticas os alunos de futebol beneficiam de formação individual e de treino físico personalizado a fim de identificarem e aperfeiçoarem os seus potenciais aprendendo a melhor forma de tirar partido dos seus pontos fortes e de superar as suas dificuldades e limitações.

Quando é dada a formação?

O jogador de futebol pertencente às camadas mais jovens está permanentemente em formação. O tempo que passa dentro das instalações do clube faz parte da sua formação. O convívio com colegas e treinadores, a relação com o público, os laços afetivos que se vão criando com funcionários, colaboradores da equipa, são também fatores decisivos para a formação do jogador. O que se pretende é despertar a consciência dos jovens para que aprendam que um bom jogador de futebol não é apenas aquele que brilha dentro de campo é também aquele que aprende a defender as cores da sua equipa e que põe o sucesso do clube acima do seu próprio.

Porque razão a formação é tão importante?

Um clube de futebol que desenvolva ao máximo o potencial de cada um dos seus jogadores embrionários será um clube com um plantel muito mais competitivo e valioso aumentando assim as possibilidades de alcançar bons resultados e concretizar bons negócios. Quando os jogadores de determinado clube prestam excelentes desempenhos dentro de campo atraem sobre si as atenções e tornam-se apetecíveis aos olhos de clubes rivais que poderão pagar boas quantias pelas suas contratações. Já sem falar dos troféus, taças e campeonatos que um jogador bem formado pode ajudar o seu clube a ganhar. Bons jogadores enchem estádios e arrastam multidões compostas por sócios pagantes de quotas que enchem os cofres dos clubes. É caso para dizer que cada cêntimo gasto na formação de jogadores desde a mais jovem idade é um investimento com retorno mais do que garantido, se a aposta for feita num jogador com verdadeiro potencial a desenvolver.

A importância de ter atletas formados pelo clube

Apostar em formar jogadores promissores e fazer deles jogadores dedicados e competentes, com espírito de equipa e capazes de colocar o sucesso do grupo à frente do seu sucesso pessoal é certamente tarefa prioritária para qualquer clube de futebol. Um jogador que desde jovem seja ensinado dentro dos valores da sua equipa e embutido do amor às cores da camisola do seu clube vai seguramente ser um jogador responsável dentro de campo e uma mais-valia para qualquer grupo de trabalho.

Facultar formação moderna e adequada aos jogadores equivale a fazer vir ao de cima o que de melhor existe nas camadas mais jovens dos clubes de futebol. Alguns clubes são mesmo conhecidos fora das fronteiras dos seus países pelo excelente nível de formação que ministram aos seus jovens talentos fazendo com que cada jogador veja ainda mais aumentado o seu valor contratual. Contratar um jogador oriundo de um clube de futebol com mérito reconhecido a nível de formação funciona como uma garantia de qualidade e faz entrar largas somas de dinheiro nos cofres do clube formador. A formação é pois um investimento que se paga a si mesmo e que implica muito lucro para os clubes de futebol.

A sua votação: 
0
Sem votos