A mentalidade de campeão numa equipa de futebol

Uma equipa de futebol precisa de ter mentalidade campeã, entre outros fatores, para se sagrar campeã. Esta mentalidade influencia a forma como os jogadores se movem, reagem e lutam dentro de campo. O que é afinal a mentalidade campeã e quais os parâmetros que devem ser trabalhados para incentivar essa forma de estar no futebol? Saiba tudo já a seguir!

Não gostar de perder nem a feijões

Uma equipa campeã joga para ganhar e só a vitória a satisfaz. Empatar ou perder são conceitos que devem ser completamente postos de lado. Ter uma mentalidade ganhadora desde o início da partida até ao apito final do árbitro vai fazer com que todos os jogadores em campo se esforcem ao máximo para alcançar a vitória que acreditam ser sua por direito.

Não existem jogos mais importantes do que outros. Todos os jogos são para ganhar

Para uma equipa com mentalidade campeã não existem jogos menos importantes do que outros. Todos os jogos são para ser encarados com a mesma vontade de vencer e de amealhar pontos preciosos que permitam seguir em frente na concretização dos objetivos traçados.

Nunca relaxar

Trabalhar o espírito dos jogadores para nunca se permitirem momentos de distração em campo é uma ótima estratégia para incutir a mentalidade campeã numa equipa. Por muito bem que o jogo esteja a correr e por muito domínio que a equipa esteja a ter da bola a qualquer momento o jogo pode mudar. É necessária atenção e muito empenho em doses iguais durante todos os noventa minutos da partida e não apenas quando tudo parece estar perdido.

Ambição desmedida

Incutir na equipa a ambição de chegar cada vez mais longe é uma das estratégias indispensáveis para fazer despontar a mentalidade de campeão que existe em cada jogador. Uma equipa campeã sabe que não existem limites para aquilo que pode conseguir no futebol e trabalha sempre afincadamente para alcançar mais e ultrapassar cada nova etapa. A ambição desde que fundamentada não é um aspeto negativo antes pelo contrário. Um equipa que ambiciona ser campeã não descansa à sombra das conquistas e lança-se atrás de maiores desafios sempre com a mesma vontade de ganhar.

Noção do seu valor

Os campeões não sofrem de falsa modéstia. Sabem o seu valor e têm consciência plena das suas capacidades. E é essa mentalidade ganhadora que os impele a trabalhar esmeradamente e a não sucumbir às primeiras dificuldades. Ao invés de tecer comentários depreciativos que apenas servem para diminuir o moral dos jogadores, quem com eles trabalha deve antes exaltar-lhes o valor para que se sintam sempre campeões e ajam como tal. A mentalidade campeã indica aos jogadores que os melhores lugares lhes estão justamente destinados e que por isso se impõe muito trabalho e muito esforço para conquistarem o que é seu.

Manter-se no controlo mesmo quando muito pressionada

Uma equipa campeã precisa de saber enfrentar situações de máxima pressão e tem que estar apta a jogar em situações extremamente adversas. Em qualquer situação os jogadores têm que se manter no controlo da situação pondo em prática as noções adquiridas que os leva a lutar e a resistir. Os campeões do futebol são os que conseguem impossíveis e não deixam de correr e de acreditar.

Não ter medo da bola, partir para cima do adversário e ir ao choque

Trabalhar com os jogadores a capacidade de não se escusarem nunca a ter a bola em seu domínio, sem receios e sem medo de cometerem erros vai fortalecer bastante a mentalidade campeã. Um campeão não se nega nunca a uma situação de jogo complicada. Um jogador que pensa e age como um campeão tenta ainda que com poucas probabilidades de conseguir, enfrenta os adversários de forma honesta e corajosa e não se protege de embates nem de quedas quando são necessários.

Confiança

Conseguir que os jogadores confiem nas suas capacidades e no talento de quem os dirige tecnicamente é uma excelente forma de lhes avivar a mentalidade campeã. Um jogador que entra em campo confiante em si mesmo, confiante no trabalho que executou e nas instruções que recebeu está muito melhor preparado para disputar o jogo e com ânimo muito mais elevado do que se estaria sentindo-se receoso e inseguro.

Acima de tudo ajudar a equipa

O futebol é um desporto de equipa e não há como triunfar a não ser adotando um espírito de equipa. Acima dos êxitos e sucessos individuais está sempre o valor maior que é o triunfo da equipa. Uma equipa com mentalidade campeã luta pelas cores do seu clube e pela vitória comum. Levar os jogadores a sentirem-se orgulhosos da camisola que vestem e do clube que representam e fazendo com que interiorizem a responsabilidade de defenderem brilhantemente o seu clube faz de cada jogador um campeão em potência e de cada equipa uma equipa ganhadora.

Evitar excessos de confiança que podem ser prejudiciais

Ter noção do seu valor não implica cair na tentação fácil de considerar todos os jogos ganhos mesmo antes de serem disputados. Ninguém é melhor do que ninguém até que prove sê-lo. A mentalidade campeã não é uma mentalidade fanfarrona nem exibicionista. Desviar os jogadores de todas as falsas convicções que os impeçam de jogar de forma autenticamente competitiva é um imperativo de quem os treina. Uma equipa campeã sofre e luta dentro de campo, não deixa de acreditar na vitória mas sabe que ela só será sua depois de muito trabalhada.

No futebol nada está ganho antes de o estar e nenhuma equipa merece favoritismo antes de ter vencido. Contudo adotar uma mentalidade ganhadora ajuda em muito a equipa a ter um ascendente importante sobre os adversários. Acreditar e lutar são fatores que fazem toda a diferença dentro de campo. Os parâmetros a serem trabalhados para que a implementação da mentalidade ganhadora seja uma realidade dependem dos treinadores e também dos jogadores. Convém sempre não esquecer que tudo deve ser feito em equipa pensando sempre no triunfo coletivo.

A sua votação: 
0
Sem votos